Dicas para embalar a sua mercadoria

Blog

Dicas para embalar a sua mercadoria
26-07-2013 às 19:07

Quando pretende enviar uma determinada mercadoria para um destino, deve sempre ter em conta a questão da embalagem, pois se não tomar as devidas providências pode correr o risco de a mercadoria chegar ao destino danificada.

A embalagem deverá sempre ser adequada ao seu conteúdo, pois transportar uma peça de ferro não implicará certamente os mesmos cuidados que transportar uma peça de cristal. Durante o transporte a sua mercadoria irá estar sujeita a um conjunto de riscos que poderão comprometer a segurança da mesma, por isso, para reduzir a probabilidade de a mercadoria chegar ao destino danificada ou mesmo de se perder durante o transporte, ficam aqui algumas dicas:

  • Proteja a mercadoria com um material capaz de absorver os impactos, como por exemplo, plástico-bolha, esferovite, cartão canelado, etc… ou apenas película aderente no caso de apenas pretender proteger de eventuais riscos;
  • Coloque a mercadoria embalada numa caixa, de preferência resistente. Caso exista folga dentro da caixa que possibilite que a mercadoria se movimente, deve acondicionar a mesma recorrendo, por exemplo, a cartão, jornais, ou outros materiais que façam o mesmo efeito. Por último feche a caixa com fita-cola;
  • Quantos menos volumes existirem para transportar melhor, pois quanto maior for o número de volumes a transportar maior será o risco de os volumes não chegarem ao destino, por isso, se tal for possível transforme os vários volumes num só. Se a questão do peso e dimensão não for problema basta colocar os vários volumes dentro da mesma caixa e assim a transportadora apenas terá que lidar com um volume;
  • Deve colocar um aviso com a palavra “frágil” no caso de se tratar de um volume com elevado risco de quebra;
  • Identifique o(s) volume(s) com o nome, morada e contacto de origem e destino, sendo que a informação de origem deve ficar a letras pequenas para não confundir o transportador;
  • Caso se trata de um objeto de maior dimensão que obrigue a recorrer a uma palete (por exemplo uma euro palete) deve ter cuidados extras, pois essa palete será movimentada por empilhadores ou porta-paletes. Desta forma, deve ter o cuidado de acondicionar bem o material na palete de forma a que ele fique equilibrado e assim não corra o risco de se deslocar durante o transporte. Embale-a recorrendo a materiais como cartão ou película aderente e proteja os cantos com um material mais resistente. Caso o material seja muito escorregadio deve ainda cintar o material e palete recorrendo a cintas plásticas ou metálicas.

Publicidade

Leia também

A época natalícia é para a maior parte das empresas de logística a altura do ano em que existe maior movimento. Devido à enorme procura própria desta altura do ano os retalhistas vêm muitas vezes o seu negócio duplicar ou triplicar. Por conseguinte a logística fica também ao rubro, pois estará a seu cargo realizar a ponte entre os fornecedores, retalhistas e consumidores finais.

As mercadorias consideradas perigosas são todas as substâncias inflamáveis, tóxicas, corrosivas ou radioativas que podem, por meio de derrame, incêndio ou explosão, provocar danos nos seres humanos e/ou ambiente. Para se poder transportar estes tipos de produtos é necessário que a empresa de transporte possuía a licença ADR, caso se trate de um transporte rodoviário, ou então a licença IATA/ICAO no caso de se tratar de um transporte aéreo.