The Drivers’ Fuel Challenge 2016

Notícias

The Drivers’ Fuel Challenge 2016
27-02-2017 às 18:02

Realizou-se a 21 de Maio a final portuguesa da competição “The Drivers’ Fuel Challenge”, desafio lançado pela Volvo Trucks e a Auto Sueco para encontrar o motorista mais eficiente e com a condução mais económica. O vencedor foi Tiago Nunes, da Estrela do Atlântico – Transportes, que irá agora representar Portugal na Final Mundial.

A Volvo Trucks e a Auto Sueco procuram até Setembro o motorista mais eficiente e com a condução mais económica que será consagrado na Final Mundial do “The Drivers’ Fuel Challenge” a decorrer em Gotemburgo, cidade natal da Volvo, na Suécia, em Setembro de 2016.

Em Portugal, decorreram 3 eliminatórias, nas quais participaram cerca de 50 motoristas profissionais, o que permitiu apurar os 9 finalistas nacionais.

As provas, que decorreram na Maia, Leiria e Lisboa, foram realizadas em diferentes condições de circulação e atmosféricas, em circuito aberto e semiurbano, num Volvo FH460, que formava conjunto com um semirreboque com 24 t de carga.

“Esta prova vem demonstrar que o comportamento do motorista faz toda a diferença no que concerne ao consumo de combustível. A formação dada pelos nossos formadores, complementada pelo acompanhamento muito próximo dos dados obtidos pelos sistemas de Gestão de Frota, como o Dynafleet, acabam por fazer toda a diferença nos indicadores de combustível e na rentabilidade das empresas transportadoras.”, refere Pedro Oliveira, Diretor Executivo da Auto Sueco Portugal.

A Final Nacional decorreu em circuito fechado, no Autódromo de Braga e contou com a participação dos 3 melhores classificados em cada uma das eliminatórias.

A vitória final pertenceu a Tiago Nunes, da Estrela do Atlântico – Transportes, seguido por Manuel Silva, da Brunotir Transportes e Nuno Alves, da Laso Transportes.

O Tiago Nunes irá agora ter a responsabilidade de representar Portugal na Final Mundial de Gotemburgo, em Setembro.

Factos:

- Provas realizadas num Volvo FH 460, com caixa I-Shift;

- Semirreboque cedido pela Schmitz com 24 t de granulado de borracha;

- Eliminatórias em circuitos abertos e semiurbanos, de cerca de 15 km, com declives variados;

- Final Nacional em circuito fechado, de cerca de 5 km, realizada em duas mangas, contando para o resultado final a melhor das duas.

Publicidade

Leia também

O projeto SUPPORT tem como objetivo melhorar a segurança nos portos europeus, tanto no controlo de acesso do lado mar como do lado terra. O Support visa também obter melhorias no fluxo de mercadorias, reduzindo a complexidade operacional e os custos nos portos. Trata-se de um projeto financiado pela Comissão Europeia no âmbito do 7º Programa Quadro e conta com um orçamento global de 14 milhões de euros.

A partir de agora, a DHL Global Forwarding vai passar a gerir o transporte transatlântico de peças suplementes e ferramentas para a subsidiaria da Lufthansa: Lufthansa Technik Logistik Services GmbH.